Bem-vindo ao blog de Cactos e Suculentas!

Conheça mais destas plantas intrigantes, com seus espinhos e delicadas flores!

Como plantar, cuidar e seus nomes. Sempre com fotos para facilitar o entendimento.


Para navegar no blog procure no lado esquerdo os temas na listagem completa, separado por postagem; ou na lista de marcadores, separados por tema.

Você quer contribuir para melhora deste site? Entre em contato por e-mail: amigosdasplantas@gmail.com

*** As dicas deste blog são referentes a minha experiência com o cultivo e como colecionadora.
Google
 

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Adubação - orgânica, mineral, ...

Os cactos e suculentas tem a fama de não precisarem de nutrição, o que é um mito.

Elas precisam sim de nutrientes, mas com menor frequência pois podem armazenar pois mais tempo.

Então como adubar?

Opções disponíveis:
1 - Adubo orgânico - adubos provenientes da decomposição de produtos da natureza: folhas, madeira, restos de alimentos vegetais, esterco de gado ou aves, papel, entre outros. não incluir produtos de origem animal (carnes), e seus derivados (leite, iogurtes, ...), e temperos (principalmente o sal).
Estes adubos podem ser incorporados no substrato em uma proporção de 5% do volume total, e sempre depois da decomposição, pois os materiais orgânicos antes da decomposição são nocivos. Incluir mais 2 a 5% de calcário dolomítico para regular o PH.
Também podem ser colocados na superfície do vaso e regado.

Vc pode preparar o adubo orgânico em casa: utilize um recipiente grande com furo no fundo, pode ser um vaso, coloque areia no fundo, depois restos de vegetais, folhas, ..., cubra com terra vegetal. Vá fazendo camadas produtos orgânicos e terra. Deixe a última camada como terra para evitar ratos e odores desagradáveis. Regue todo dia. Depois de 6 meses aproximadamente, o produto deverá apresentar-se como terra comprada. Agora é só misturar o calcário dolomítico e o substrato.

2- Adubos minerais ou químicos - adubos vendidos comercialmente como NPK (10-10-10; 4-14-8; entre outras formulações). Procure adubos completos, que incluam micronutrientes. Alguns adubos com micronutrientes disponíveis no mercado que indico: Linha Forth Jardim, Biofert, e Peters.

Dicas: faça a diluição antes de aplicar, aplique em quantidades baixas (se for errar sempre erre por menos), aplique na sombra ou em dias nublados, e no inverno suspenda a adubação.

A diferença entre os dois é a velocidade na absorção. O ideal é utilizar ambos, pois um complementa o outro.

6 comentários:

  1. Olá, uma dúvida. Teria algum problema se eu utilizasse os dois Npks juntos? Tanto o 10-10-10 e o 4-14-8? Ou não faz diferença usar um ou outro com os cactos e suculentas? A cada quantos meses eu tenho que fertilizar? Qual a diferença de adubar e fertilizar?
    Olha, seu blog anda me ajudando muito, viu? ^^ Obrigada, heim! Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o seu blog. Tb criei um que está bem no começo. Aguardo sua visita. abraços

    www.universodasplantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pela visita. Visitei seu blog tbm, adorei!
    A natureza realmente tem imagens lindas!

    ResponderExcluir
  4. Yukizu-Sama,
    misturar NPKs significa somar a concentração ... então não é muito aconselhado ... mesmo pq cada elemento químico tem sua propriedade.
    Os cactos e as suculentas não são exigentes, mas se errar na adubação sempre erre para menos. Uma vez por mês no verão (épocas de calor) e suspender no inverno.
    Qto a definição técnica de adubar e fertilizar ... acredito q sejam sinônimos ... veja neste link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Fertilizante

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus! SOS. Eu tireias folhas grandes que estavam por baixo e pareciam sugar muito da planta e bati no liquidificador com água e reguei os vasinhos. E agora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rita,
      como assim bateu as folhas no liquidificador? =0
      Pelo q entendi vc usou folhas de plantas como adubo ... é isso? Se for, isso realmente não é o mais indicado.

      Não tem muito o q fazer. Vc pode replantar em um vaso novo, com terra nova.

      Já vi muitas pessoas colocarem resto de plantas como adubo por não saber que isso pode criar fungos e não terem problemas. Então outra opção é torcer para dar certo e não regar mais "adubos" feito de plantas frescas.

      Tem tbm algumas plantas q podem ser batidas e jogadas nas plantas ... mas são casos especiais.

      Espero ter ajudado.

      Excluir

Gostou do blog? Clique aqui!